Paula Ludovino

Natural de Vila Nova de Milfontes, concelho de Odemira, desde 13 de Setembro de 1969.

Artista plástica autodidacta, artesã e unidade produtiva artesanal com certificação em cerâmica figurativa e fabrico de abat-jours.

Encontrei-me com a Arte pela primeira vez já depois dos quarenta, e de lá para cá tem sido uma caminhada fantástica, pela qual agradeço à vida todos os dias.  

No processo de aprendizagem que experimentei nestes últimos anos, aprendi muito mais do que Arte. Aprendi o quanto é importante amarmos o que fazemos e que essa é a verdadeira fómula para a paz interior.  

Enquanto descobria e explorava o desenho e a pintura, a vida foi-me abrindo as portas para  muitos mais dos seus mistérios do que me poderia passar pela cabeça antes de abraçar esta paixão. Hoje estou empenhada em fazer dela o meu modo de vida e, apesar das conhecidas dificuldades em percorrer uma carreira nesta área, sinto-me cada vez mais confiante. 

Ao tentar imaginar uma forma de  subsistir de algo feito pelas minhas próprias mãos, descobri a cabaça como superfície para trabalhar, e daí começou a nascer o projecto em que eu e o Paulo Cordeiro, o meu companheiro, estamos a trabalhar neste momento - a Kabart - Arte e iluminação em cabaças. Esta colaboração veio acrescentar novas possibilidades à já grande versatilidade da cabaça e vai dar origem a trabalhos cada vez mais bonitos e surpreendentes em que o Paulo vai integrar cada vez mais madeira trabalhada. Tendo sempre a cabaça como fundo de inspiração prometemos surpreender com os resultados. 

Em Julho de 2016 fui convidada para fazer parte de um fantástico projecto - a Artesannus-Espaço Diferente

A Susanne Roewekamp, artesã que faz uma linda e criativa bijuteria de autor, adquiriu uma loja junto da rua principal e convidou mais algumas pessoas para dividir o seu espaço em troca de partilhar o horário de funcionamento. Fui uma das felizes contempladas com um convite e hoje tenho o meu trabalho exposto numa loja muito bonita e original, em que tudo o que vendemos é feito pelas nossas mãos e a partir da nossa criatividade, factores que garantem aos clientes uma certeza em originalidade.

A pintura vai constantemente acompanhar qualquer outro projecto que esteja a desenvolver e tenho sempre muitas telas em diversas fases de acabamento, que só aguardam que eu disponha de tempo para elas.  

Por último mas não de menor importância, a cerâmica é onde vou trabalhar mais para evoluir, dentro dos próximos anos. O Paulo ofereceu-me uma roda de oleiro (artesanal), como prenda de anos, e este inverno vou tirar partido dela e espero também começar a explorar a vidragem. 

São todos estes projectos e aprendizagens em constante desenvolvimento que prometo partilhar neste espaço, tanto nas galerias como no Blog. 

Espero que gostem da visita. Podem sempre deixar qualquer dúvida ou questão na caixa de mensagens do Blog ou email e prometemos ser o mais breves possível a responder.